segunda-feira, 29 de junho de 2009

Encosta-te a mim



Entraste em mim...bem de mansinho.
Foste ficando... brincando, a pairar algures entre o riso e o desejo. Um riso feito de pequenas loucuras, de momentos vividos e sentidos a dois, à beira-mar plantados numa qualquer praia do Norte, tendo como cúmplices o mar e um céu intensamente azul.
Sinto o cheiro doce do teu perfume enquanto te aproximas e me abraças, encaixando em mim como a peça de um puzzle há muito procurada e que completa o meu desenho.
Incendeias-me como um fogo cheio de malícia e graça e que nos pinta de sonho e sintonia.
Vamos vivendo estes momentos de loucura e insanidade, roubados à marcha do tempo. Instantes preciosos que guardamos como estrelas brilhantes para pendurar no nosso céu de fantasia.
Convidaste-me ao sonho e quero adormeçer aconchegada no teu poço de paz.

7 comentários:

  1. -Convidaste-me ao sonho e quero adormeçer aconchegada no teu poço de paz. -

    Adorei! Um texto muito bem acompanhado pela música do Jorge Palma, com uma letra igualmente fabulosa.

    Manuela

    ResponderEliminar
  2. Sim, com a música de fundo o texto está giríssimo. Vou guarda-lo na pastinha das recordações :)

    ResponderEliminar
  3. Ninguem sabe o que se segue neste blog!
    Este texto está muito giro e a musica é uma das melhores do j.palma

    FC

    ResponderEliminar
  4. Blog lindo e diferente. Atento aos nossos dias, e repleto de boas ideias.
    Este texto parece um novo caminho, mas no seu todo o Blog é muito bom e fresco.
    O texto começa muito bem... "Entraste em mim...bem de mansinho", e quem o lê acompanhado pela musica do Palma, só pode adorar.

    Parabéns

    JP

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. :))
    Obrigada a todos, por cá virem e por deixarem mensagens tão simpáticas.
    Beijos

    ResponderEliminar